PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

QREN Vale Simplificado - Empreendedorismo

O Vale Empreendedorismo é um programa de incentivos que visa a intensificação do esforço nacional em inovação com vista ao aumento da competitividade das empresas, tendo como prioridades o apoio à inovação e ao empreendedorismo e a orientação das empresas para a economia digital.

 

Vale Empreendedorismo

CONDIÇÕES DE ACESSO

 

  

Promotor:

 

Encontrar-se legalmente constituído (certidão comercial);


Cumprir as condições legais necessárias ao exercício da respectiva actividade (alvará);


Possuir a situação regularizada face à administração fiscal, à segurança social e às entidades pagadoras dos incentivos;


Possuir ou assegurar os recursos humanos e físicos necessários ao desenvolvimento do projecto (no mínimo 1 colaborador à data da candidatura);


Dispor de contabilidade organizada nos termos da legislação aplicável;


Cumprir os critérios de Pequena e Média Empresa (IAPMEI Certificado PME);

 

 

Projeto:

 

Cada candidatura deve corresponder à contratação de um único serviço;

 

Não ter projectos em análise ou aprovados ao abrigo do QREN noutras fases;

 

Demonstrar inequívocamente o caracter único e não recorrente da actividade de serviços contratada;

 

Ter total aderência dos objectivos do projecto à actividade económica desenvolvida pelo promotor;

 

Corresponder a uma despesa máxima elegível de 20.000 euros;

 

 

Entidades que podem ser contratadas:

 

Entidades seleccionadas a partir da lista de entidades qualificadas no SCT;

 

Outras entidades com capacidade para prestar os serviços em causa, na condição de serem "empresas autónomas" e desde que as aquisições sejam feitas a preços de mercado e que se consultem pelo menos 3 entidades pretadoras de serviços.

 

 

MODALIDADES DE PROJETOS A APOIAR

 

Organização e gestão de tecnologias de informação e comunicação

Introdução de novos modelos ou novas filosofias de organização do trabalho, reforço das capacidades de gestão, introdução de TIC, redesenho e melhorias de layout, acções de benchmarking;

 

Propriedade industrial

Formulação de pedidos de patentes, modelos de utilidade e desenhos ou modelos, nacionais, no estrangeiro pela via directa nas administrações nacionais, comunitários, europeus e internacionais;

 

Comercialização e marketing

Reforço das capacidades de comercialização, marketing, distribuição e logística;

  

Economia digital

Criação e ou adequação da infra-estrutura interna de suporte com vista à inserção da PME na economia digital e à melhoria dos modelos de negócios com base numa presença mais efectiva na economia digital que permitam a concretização de processos de negócios desmaterializados com clientes e fornecedores através da utilização das TIC;

 

ELEGIBILIDADE DE DESPESAS

  

Despesas elegíveis

Serviços de consultoria;

Elaboração de planos de negócios;

Serviços para protecção e comercialização de direitos de propriedade intelectual e industrial;

Serviços na área da economia digital;

 

 Despesas não elegíveis

Projectos de I&D em curso;

Acções de formação;

Software e licenciamento de tecnologias já desenvolvidas e comercializadas no mercado;

Design e produção de material de publicidade;

 

TAXAS MÁXIMAS (LIMITES E MAJORAÇÕES)

 

Taxa de Incentivos de 75% do valor do investimento;

Valor máximo de incentivo até 15.000 euros;

Incentivo Não Reembolsável.

 

ÂMBITO TERRITORIAL

 

Todas as regiões NUTS II do Continente. A localização do investimento é determinada pela localização da sede social da empresa promotora.

 

PRAZOS DE CANDIDATURA

 

A candidatura pode ser apresentada na segunda fase até ao final do dia 15 de Maio de 2013, sendo a decisão comunicada a 13 de Junho de 2013.


METODOLOGIA MÉRITO PROJETO

 

A - Enquadramento do projecto nos objectivos da presente candidatura de incentivos;

B - Dimensão da empresa;

C - Número de trabalhadores inscritos na segurança social no mês imediatamente anterior ao da candidatura;

 


  

Contacte-nos para mais informações.